SOBRE A ASSOCIAÇÃO
Nossa História
Fazenda Furquilha
Estatuto Social
Calendário de Atividades
Visão de Futuro
Localização
Entre em contato
     ASSUNTOS
Cerimônias Ritualísticas
Arte
Bioarquitetura
Cooperação
Mantras e Orações
Meditação
Meio Ambiente
Paisagismo
Palestras, Cursos e Vivências
Pensamentos
Qualidade de Vida
Terapias Alternativas
Yoga
     VARIEDADES
Download Informativos
Boletim Informativo
Colunistas
Galeria de Fotos
Links Úteis
Loja Virtual
Rádio ARN

Receba nosso Boletim informativo por email

Seu Nome

Email

Acesso Associados

Usuario

Senha


Buscar Artigos

  Márcio Passos
Palestra de Leonardo Gutter - Conferência da Juventude Sai

Ashram de Sathya Sai Baba - Prashanti Nilayam, Julho de 2007

Palestra proferida por Leonardo Gutter, um dos cinco membros do Conselho Mundial da Organização Sai, coordenador da América Latina (Zona 2), um dos fundadores da Organização Sai da Argentina.
_______________________________________________

Humildemente ofereço meus pranams aos Divinos Pés de Lótus do nosso amado Bhagavan. Queridos irmãos e irmãs, Sai Ram a todos vocês. Estou honrado em ter a oportunidade de falar a vocês.

Gostaria de iniciar esta palestra propondo uma questão e dando algumas possíveis respostas. Porque vocês estão aqui hoje? Não quero só dizer estar somente aqui, no Ashran, participando desta Conferência Mundial da Juventude, na casa do Poorna Avatar desta era, Bhagavan Sri Sathya Sai Baba. Quero dizer também estar vivo em um corpo, no planeta Terra.

Gostaria de compartilhar com vocês algumas possíveis respostas. Nós estamos aqui hoje porque batalhamos durante um longo, muito longo tempo para estarmos aqui. No longo processo da evolução humana existe um momento em que o ser percebe que viver não é meramente comer, beber, dormir e desfrutar da gratificação dos sentidos. Surge a percepção interna de que deve haver algum propósito mais elevado na vida, então a pessoa inicia sua jornada espiritual, começa a procurar as respostas e o propósito dentro de si mesmo e não fora, no mundo. A pessoa se torna um buscador espiritual. Depois de muitas vidas, sente-se a necessidade de ajuda nessa busca e ora-se pedindo orientação. E as orientações vêm e a pessoa aspira empenhar-se nessas orientações recebidas. Torna-se então um aspirante espiritual. Mais tarde, depois de muitas vidas de busca, esta pessoa percebe que tem de fazer mais do que ler livros e saber de cor seus conteúdos, percebe que tem de praticar os ensinamentos aprendidos. Ela realiza que mais importante do que amar a Deus é merecer o amor de Deus. Ela então se torna um devoto.

Por que vocês estão aqui? Porque estão em algum ponto dessa jornada, alguns mais avançados que outros, mas todos firmemente percorrendo o caminho espiritual. Muitos de vocês viajaram milhares de quilômetros para estarem aqui, mas na verdade viajaram milhares de vidas para esse propósito. Este é um encontro especial. Deixe-me dizer que vocês podem até ter corpos jovens, mas cada um de vocês tem uma alma antiga, que tem viajado durante muitas e muitas vidas e trabalhado duro, muito duro, para merecer esta oportunidade de ouro.
Portanto, esta Conferência Mundial da Juventude é uma conferência especial, de almas velhas em corpos jovens.

Deixe-me compartilhar com vocês uma experiência que tive com Bhagavan em minha primeira viagem à sua Divina Presença. Eu vim para ver Swami porque eu ouvira falar Dele na Argentina e também tivera com ele um sonho muito especial e assim eu decidi vir e ver se Bhagavan era o Poorna Avatar desta era. Eu encontrei Bhagavan pela primeira vez em Madras, como Chenai era chamada na época. Swami estava visitando a cidade. Um dia havia um programa cultural especial e eu tive a boa sorte de me sentar perto de onde Swami estava sentado. Decidi me aproximar Dele e me apresentar; fui até Ele e quando estava ao Seu lado, Lhe dei o meu cartão de visitas para que Ele soubesse quem eu era. Como fui ingênuo, eu não havia realizado até aquele momento que Ele me conhecia perfeitamente bem, desde que Ele é que me havia criado. Eu é que não sabia quem Ele era. Quando eu Lhe dei meu cartão Ele me olhou, sorriu e tocou minha mão dizendo: “Você tem muita sorte”.

Sim, irmãos e irmãs, todos nós temos muito boa sorte, especialmente vocês. Como seres humanos nós temos quatro boas sortes muito especiais:
1-Nascer como humano dentre outras 8.400.000 formas de vida.
2-Nascer como humano no tempo em que um Avatar está na Terra.
3-Ter conhecimento da manifestação do Avatar.
4-Ser Seu devoto.
5-Eu gostaria de acrescentar uma quinta que todos vocês tem: Saber sobre esta manifestação e ser Seus devotos, sendo ainda bem jovens. Isso é realmente muito, muito especial.
Portanto, todos vocês têm uma incrível boa sorte, que traz consigo uma responsabilidade muito grande. Vocês precisam aproveitar plenamente essa oportunidade de ouro.

Por que vocês estão aqui? Vocês estão aqui porque foram trazidos para cá, o Divino convidou cada um de vocês, ninguém está aqui por acaso. Bhagavan chamou cada um de vocês e seus corações responderam. Vocês não decidiram estar aqui, Bhagavan decidiu! Por que Ele decidiu traze-los para cá? Porque Ele tem planos muito importantes para todos vocês, cada um de vocês tem um papel muito importante na Sua Divina Missão. Ele acredita em vocês, vocês têm de acreditar em si mesmos e ousar cumprir a parte que lhes cabe no Plano Divino. Vocês não serão somente testemunhas, mas também instrumentos da mais magnificente e maravilhosa mudança na consciência da humanidade, que o Avatar está trazendo à realidade.

A maioria de nós não tem a perspectiva completa do que está acontecendo neste planeta, agora mesmo, pois maravilhosos eventos estão acontecendo neste momento e Bhagavan Sri Sathya Sai Baba está mudando corações e mentes das pessoas por todos os lugares. Eu tenho a felicidade de viajar por muitos países latino-americanos e sou testemunha de como o Amor Divino está alcançando tantos milhares de pessoas de todos os lugares, pessoas que na sua maioria não estavam trilhando o caminho espiritual, mas que ao ouvirem sobre Bhagavan iniciam um processo de transformação pessoal. Mudam suas perspectivas, seus valores e suas vidas, e tornam-se mais preocupadas com as necessidades dos outros. Principiam a fazer seva para as pessoas necessitadas e também sadhana pessoal. Isto está acontecendo globalmente e é o mais maravilhoso milagre de Bhagavan Sri Sathya Sai Baba.

Ele está mudando a vida de milhões e milhões de pessoas por todo o mundo. Sai é uma infinita força de Amor que está guiando milhões e milhões de pessoas por todo o mundo para se tornarem pessoas melhores, para entrarem em um processo de autotransformação. A maioria dessas pessoas nunca veio à Índia para estar em Sua divina presença, mas sentem Sua presença em suas vidas, sua proteção e orientação. Essas pessoas, tal como nós estamos recebendo o “Toque Divino” que dissolve nosso ego e abre os nossos corações. Isso desperta nossa consciência adormecida que passa então a nos guiar pela vida. Em poucas palavras, respondendo à indagação inicial sobre os motivos de estarem aqui, isto aconteceu porque vocês receberam o Toque Divino e o Chamado Divino. Vocês receberam um chamado do seu espírito interno, que está manifestado externamente com o Nome e a Forma de Bhagavan Sri Sathya Sai Baba. Vocês são gotas que estão correndo para se fundir no oceano. É um chamado para nos despertar de um sono de eras. Suas almas têm trabalhado duro por muitas e muitas vidas e agora atingiram um ponto de maturidade para fazer um último e sublime esforço e se tornarem o que sempre tem sido. Todos vocês têm uma missão, o Senhor quer que vocês cumpram seu destino e também ajudem os outros a fazê-lo.

O que Ele quer de vocês? Ele quer que vocês ousem se tornar Divinos e sigam o Seu exemplo.
Quando estamos no Ashran, tudo gira em torno de Sai, quando vamos embora, tudo deveria continuar do mesmo modo. Swami diz: “O que necessitamos hoje não é um novo sistema educacional, tampouco um novo sistema social, mudanças como estas não serviriam para resolver os problemas que estamos enfrentando. Necessitamos hoje de homens e mulheres cujos corações sejam puros”.
O desafio para a juventude Sai é vocês de tornarem cidadãos, com reta conduta em seus corações e beleza em seu caráter, e assim, ajudar na transformação do mundo. Vocês devem caminhar em direção a excelência, e não precisam falar muito, pois suas ações e maneira de ser falarão por vocês. Então vocês irradiarão entusiasmo. Vocês precisam se tornar verdadeiros devotos da Qualidade Sai. O aspirante espiritual precisa lutar contra os seus baixos impulsos, paixões e egoísmo, e desenvolver a disciplina, para avançar com firmeza a mais importante meta.

Quais são os objetivos desta conferência? Eu resumirei o que considero ser os mais importantes objetivos:
1-Receber informação.
2-Receber inspiração.
3-Recarregar as baterias espirituais.
4-Incrementar seus anseios e determinação.
5-Expandir a fé.
6-Aprofundar seu conhecimento e compreensão da Mensagem Divina.
7-Acelerar o processo da autotransformação.
8-Ajudar a desenvolver melhor sua habilidade para cumprir seus deveres na Organização Sai.
9-Alimentar a chama do amor e gratidão a Sai, nosso Senhor, no altar de nossos corações.
10-Dar-nos mais oportunidade de receber as bênçãos e Graças Divinas estando em Sua Divina física Presença.
Hoje em dia os heróis e modelos de conduta para nossa juventude vêm de Hollywood, Bollywood, dos estúdios de cinema de Hong Kong ou dos cantores e astros da música pop e rock. Mas, em breve, através da Divina Graça e Vontade de Bhagavan a juventude do mundo terá um novo, único e verdadeiro herói, Bhagavan Sri Sathya Sai Baba. A juventude Sai deve estar treinada e preparada para ser líder, desde já, despertando suas aptidões inatas para a liderança. A juventude Sai deve ter uma influência positiva na sociedade, protagonizando o papel de restabelecer os valores humanos na Terra.

Temos que nos perguntar se estamos fazendo o suficiente! Deixe-me dizer a resposta evidente: não! Todos nós podemos fazer mais, a nível individual, familiar, e na comunidade em geral. Quando será o suficiente? Quando nós alcançarmos o ponto de sentirmos a Presença constante de Sai em nossa vida. Espiritualidade não é a prática de rituais e sim viver de um modo espiritualizado, nos lembrando sempre de Deus. Estaremos vivendo uma vida espiritualizada quando as nossas ações estiverem em harmonia com a consciência de que Deus está em todo os lugares, todo o tempo e vivermos de acordo com essa permanente consciência espiritual. Quando será o suficiente? Quando percebermos o nosso verdadeiro ser. Até lá ainda não será o suficiente! Reflitamos sobre a palavra Sadhana: ela significa esforço espiritual; se estivermos nos sentindo confortáveis significa que podemos e devemos fazer algo mais.

Eu gostaria de usar uma metáfora para falar de nossa situação. Conhecermos Sai Baba e Sua mensagem é como receber um carro muito rápido, digamos uma Ferrari de Fórmula 1 para dirigirmos. A ironia é que muitos devotos dirigem esse carro a uma velocidade muito baixa, talvez por medo. Outros ainda mais medrosos vivem com o pé no freio, outros ainda mais tolos dirigem em marcha à ré. Mas há alguns que têm fé total em Bhagavan e Seus ensinamentos e os põem em prática em suas vidas, e vão a 300 km por hora. Temos de ter fé total em Sai e submeter completamente nossa vida a Ele. O que isso significa? Significa compreender quais aspectos da nossa vida e do nosso ser precisam de mudanças e não retardá-las. Qual é o principal ponto que temos de assumir? É que espiritualidade, é erradicar nossas más qualidades e preencher nossas vidas com os valores humanos. Não existe um caminho espiritual sem moralidade e ética. Não haverá moralidade em nossas vidas sem disciplina e controle dos nossos sentidos. Não haverá moralidade sem o medo do pecado e o amor a Deus. Este é o ponto inicial, o começo. O que é necessário é sabermos o que nós temos de mudar e termos a força de vontade para fazê-lo. Os hábitos que temos de rever incluem o que comemos, bebemos, vemos na TV ou aquilo que lemos. Temos de começar tomando as decisões mais elementares. Nossas companhias podem nos impulsionar ou nos atrasar em nossa jornada, pois assimilamos bons ou maus hábitos de nossos companheiros. Se realmente queremos avançar, temos de purificar nossas mentes e nossos corações. Embarque no serviço e nas disciplinas espirituais.
Nós estamos neste planeta para apreender o jeito divino de ser e viver; esta é a base para uma vida realmente espiritual. Bhagavan deu-nos através de Sua vida e de Seus ensinamentos a mais maravilhosa escritura de prática espiritual. Swami ensinou-nos que o maior sadhana é servir na Organização Sai. Há simples e práticos métodos que Ele nos ensina e que eu chamo de Suas Lições Espirituais Práticas. Temos de estar permanentemente vigilantes com a emergência de nossos egos. Quando estamos no caminho espiritual nosso ego nos faz pensar assim: “Vou fazer isso do meu jeito”. Na verdade deveríamos fazê-lo “do jeito de Swami”. Nós temos que nos render totalmente à Sua vontade.

Gostaria de compartilhar com vocês uma recomendação que me tem sido muito útil. De hoje em diante façam alguns votos: -Não criticar ninguém nem com palavras, nem com pensamentos, nem mesmo por sentir qualquer coisa ruim por qualquer pessoa. Se formos bem sucedidos nisto, poderemos estar certos que demos um grande passo em controlar a nossa mente e avançar na nossa disciplina espiritual.

Uma outra prática espiritual muito útil que vou compartilhar com vocês é esta: -Escreva a seguinte sentença em um pedaço de papel e leia todos os dias quando acordar - “Eu vou morrer”. Depois de ler isso e refletir por alguns minutos e antes de você sentir alguma depressão escreva em outro pedaço de papel uma outra sentença para você ler em seguida. A segunda sentença é - “Não ainda”. Assim, quando você perceber que ainda tem algum tempo, pense em qual seria o melhor meio de melhor aproveitar o tempo ainda disponível.

Deixe-me compartilhar uma outra experiência que tive com Bhagavan na minha primeira viagem até Sua Divina Presença. Eu estava apenas iniciando minha caminhada espiritual e participava de uma outra organização espiritualista onde eu tinha importante responsabilidade administrativa. Quando eu cheguei em Sua presença, fui rendido pelos Seus ensinamentos, pelos milagres que presenciei, e acima de tudo por Seu Divino Amor. Assim, um dia, eu estava em meu quarto no Ashran e senti que eu tinha encontrado o Poorna Avatar e que eu tinha de me submeter totalmente a Ele. Portanto, senti que deveria renunciar à posição naquela outra organização, porque eu tinha encontrado o Avatar e deveria estar livre para Ele. Então escrevi em um pedaço de papel renunciando a posição que eu tinha lá. Sentia que estava fazendo a coisa certa. Na manhã seguinte fui ao Darshan e quando Swami veio, ao invés de Sua habitual rotina de caminhar primeiro entre as mulheres e depois entre os homens, veio diretamente a mim, olhou direto em meus olhos e disse: “Sim, esta tarde eu verei você”. Vocês podem imaginar meu coração! Eu estava para ter minha primeira entrevista com Deus! Quando o Darshan terminou, eu pensei que poderia esperar em frente à Sua sala até o Darshan da tarde, mas um seva me parou e me disse que eu deveria ir, não poderia permanecer ali, que deveria voltar ao Darshan da tarde como todos e esperar. Vocês não imaginam quanta coisa passava em minha mente, que aquele seva não gostava da minha cara e tentava me fazer perder a minha Divina oportunidade. Eu pensava que Swami ia esquecer-se e mesmo que não esquecesse, poderia não me achar no meio daquela multidão. Eu estava mesmo muito triste! Veio a tarde e quando Swami veio da Sua sala e ficou de pé na varanda, olhou diretamente para mim! Sem nenhuma ajuda para achar onde eu estava, só olhou para mim e disse em uma voz forte e alta: “Você!” Eu pulei e fui até Ele um pouco temeroso com o tom de Sua voz e disse “Sim, Swami”. Ele disse a mais bonita palavra que eu poderia ter ouvido “Go!”. Vocês sabem o significado, eu estava sendo convidado à sala de entrevistas. Lá, Ele começou a falar para todos nós e de repente olhou para mim e me disse tudo o que se passava em minha mente, desde o Darshan matinal, minhas dúvidas, e aí aproximou-se de meus ouvidos, quase sussurrando e disse estas palavras, que eu sinto que não foram só para mim, mas para todos nós: “Eu nunca desapontarei meus devotos”.

Sim, meus irmãos e irmãs, é minha experiência de 25 anos estando com Ele e seguindo os Seus ensinamentos que Ele jamais desapontou ou desapontará um devoto. Nós é que precisamos cuidar para não desapontá-Lo. Ele está esperando por nós há muitas e muitas vidas, não percamos o encontro que tínhamos marcado com Ele. Podemos não desapontá-Lo trabalhando duro para nos tornarmos a cada dia pessoas melhores, pondo em prática os Seus ensinamentos em todos os aspectos da nossa vida, sendo um exemplo de Seus ensinamentos e vida.

Queridos irmãos e irmãs, vocês têm uma grande responsabilidade com Bhagavan e com vocês mesmos. Vocês têm o desafio de mudarem as suas vidas para serem um exemplo ideal da mensagem Sai. Vocês têm de lutar até o fim e terminar o jogo! Swami diz que veio para nos dar a coragem de nos vermos a nós mesmos como o princípio supremo que realmente somos, e nos dar o poder mental de enxergar essa realidade. Libertação é só um estado de espírito. Vocês têm de tomar uma decisão. A hora é agora! Todos vocês estão prontos!

Queridos irmãos e irmãs! Todos os delegados que vieram a esta conferência têm uma sagrada tarefa. Vocês não vieram aqui só por vocês, vocês são delegados dos milhares de irmãos e irmãs que não puderam vir, vocês são os seus representantes. Quando vocês voltarem para os seus países, vocês devem passar a eles o que aprenderam aqui, compartilhar com eles a alegria que experimentaram aqui e a inspiração que Swami lhes deu. Vocês devem ser os portadores da Chama de Amor que Swami acendeu em seus corações. Compartilhem com todos o amor que Ele deu a vocês. Vão a todos os lugares de suas cidades e países e espalhem a mensagem Divina que Swami está nos ensinando. Não temam falar as verdades que vocês aprenderam aqui. O caminho espiritual não é para pessoas tímidas. Sejam corajosos! Sejam as forças que o mundo hoje necessita. Se lhe perguntarem, digam que vocês encontraram Deus. Que Ele vive em forma física em Prashanti Nilayam e em Sua forma Divina em todos os corações. É isto que vocês, a juventude Sai pode e deve fazer para cumprir a sua parte no Plano Divino. Sejam ativos, cheios de energia e entusiasmo! Swami sempre estará com vocês. Mostrem a presença de Sai em suas vidas, sorriam, sejam alegres. Nós devemos estar felizes, porque sabemos que Sai é onipresente e isso nos dá a vontade de expandir essa alegria em um profundo sentimento de amor manifestado através do serviço. Nós veremos o Plano Divino se revelando, perfeitamente, preenchendo nossas vidas com um sentimento de viver constantemente em “Sai”. Lembrem-se sempre do Amor Divino. Possa cada um de vocês, dia a dia, expressar mais este Amor de Sai, através do brilho de seus olhos, de seu sorriso e de ações, palavras e sentimentos amorosos. Possa cada um de vocês estar cada vez mais perto dos Divinos Pés de Lótus. Vocês todos têm um karma abençoado adquirido em muitas vidas; apreciem-no, desfrutem-no, realizem-no!

Que todos vocês se tornem faróis dessa nova era, a era Sai do Amor!
Que todos vocês sejam a melhor expressão de Sua mensagem!
Que todos vocês sejam puros canais do Seu Infinito e Divino amor!

Om Sai Ram


Tradução: Márcio Passos







Associação Rural Natureza © Copyright 2007
Fazenda Furquilha - Bairro Furquilha
Monte Alegre do Sul - SP

By Frequência