SOBRE A ASSOCIAÇÃO
Nossa História
Fazenda Furquilha
Estatuto Social
Calendário de Atividades
Visão de Futuro
Localização
Entre em contato
     ASSUNTOS
Cerimônias Ritualísticas
Arte
Bioarquitetura
Cooperação
Mantras e Orações
Meditação
Meio Ambiente
Paisagismo
Palestras, Cursos e Vivências
Pensamentos
Qualidade de Vida
Terapias Alternativas
Yoga
     VARIEDADES
Download Informativos
Boletim Informativo
Colunistas
Galeria de Fotos
Links Úteis
Loja Virtual
Rádio ARN

Receba nosso Boletim informativo por email

Seu Nome

Email

Acesso Associados

Usuario

Senha


Buscar Artigos

  Paisagismo
Dicas de Paisagismo - Meses de Outubro e Novembro


Outubro no jardim:
Prepare o canteiro de mudas que vão florescer no verão. Revolva a terra até 30 cm.de profundidade, cubra com uma camada de 10 cm. de esterco curtido e misture bem com a terra.
Neste período a maioria das plantas está retornando à sua maior atividade, então precisamos dar alimento para elas.

Adube suas plantas perenes sempre com a terra molhada antes e depois da adubação. IMPORTANTE! Os adubos orgânicos (termo fosfato simples, adubação verde, composto orgânico) são os aconselháveis.

Na horta semeie:
Abóbora, acelga, alcachofra, berinjela, ervilha, feijão, jiló, milho, pimentão, quiabo e outros.

Estão em flor:
Laelia (orquídea), rosa, gerânio, sálvia, camarão, clívia, copo de leite, íris, papoula, ervilha de cheiro, cosmos, álisso, jacarandá, flamboyant, sibipiruna, resedá, primaveras, dietes (moréia) e outras.


Novembro no Jardim:
Boa época de podar as plantas que floresceram no inverno e estão no fim da floração, tais como azaléias e bico de papagaio.
A poda é muito importante para não comprometer a floração do próximo ano.

Estão em flor:
As mesmas citadas em outubro e ainda, agapantos, dália, ranúnculo, gladíolo, vários tipos de jasmins como o jasmim-manga, margarida, tagetes, petúnias, bela emília e outras.

Pragas e Doenças:
Dica: O manjericão ajuda a combater pulgões. Faça uma infusão com 1 litro de água fervente e um punhado de manjericão fresco. Coe, deixe esfriar e aplique com o pulverizador na planta atacada. Repita até eliminar todo o inseto e nunca com tempo chuvoso ou ventos fortes.
Por causa das chuvas podem aparecer fungos nas suas plantas (as doenças e as pragas ocorrem geralmente porque as plantas estão com alguma dificuldade de nutrição, solo compactado, sem nutrientes ou local inadequado de plantio). No caso de aparecer fungos, como o míldio (ele ataca as folhas e brotos novos, que enrolam e secam), combata com aplicação regular de calda bordalesa. Por sua vez, o tripés ou lacerdinha é um inseto que suga a seiva das plantas. Roseiras ou demais plantas atacadas devem ser tratadas com aplicações de calda de fumo.


Por Fernanda Guimarães
Paisagista e associada da ARN






Associação Rural Natureza © Copyright 2007
Fazenda Furquilha - Bairro Furquilha
Monte Alegre do Sul - SP

By Frequência