SOBRE A ASSOCIAÇÃO
Nossa História
Fazenda Furquilha
Estatuto Social
Calendário de Atividades
Visão de Futuro
Localização
Entre em contato
     ASSUNTOS
Cerimônias Ritualísticas
Arte
Bioarquitetura
Cooperação
Mantras e Orações
Meditação
Meio Ambiente
Paisagismo
Palestras, Cursos e Vivências
Pensamentos
Qualidade de Vida
Terapias Alternativas
Yoga
     VARIEDADES
Download Informativos
Boletim Informativo
Colunistas
Galeria de Fotos
Links Úteis
Loja Virtual
Rádio ARN

Receba nosso Boletim informativo por email

Seu Nome

Email

Acesso Associados

Usuario

Senha


Buscar Artigos

  Yoga
Você está realmente praticando Yoga?

Nos dias de hoje, em que o consumismo faz parte de nossas vidas, até mesmo o yoga passa a ser reduzido apenas a mais um objeto de consumo. Recentemente, li um anúncio em uma revista de Yoga americana que dizia: "Yoga para atletas - sem canto do mantras, sem sânscrito e sem granola." Não há dúvida de que o Yoga facilita a prática de esportes, mas a questão vital é se a prática limitada apenas as posturas (ásanas), divorciada das raízes, tradição e contexto do Yoga, deveria ser chamada de Yoga.
Para responder esta questão, é fundamental definir os princípios essenciais do Yoga. Em português a palavra Yoga tem 4 letras. Do ponto de vista da Yoga Integrativa, Yoga tem quatro pilares ou princípios fundamentais, analogamente sendo representados por cada uma de suas letras. Para usar a palavra Yoga, todos esses princípios deveriam estar presentes. Os 4 pilares são:

1. Yoga Darshana - Esta é a visão do yoga que é apresentada na sua forma mais clara e suscinta nos Yogas Sutras de Patanjali, cuja essência poderia ser resumida da seguinte maneira:
. Segundo o yoga, a felicidade que as pessoas normalmente buscam externamente só pode ser encontrada dentro de nós mesmos. Há um Ser interior que é a fonte de felicidade, aguardando para ser descoberto.
. Nossa personalidade é útil para administrar nosso dia-a-dia, e por esta razão, deve ser honrada e respeitada. Todavia, este ser cotidiano precisa ser guiado e inspirado pelo Ser Real, o Espírito.
. A descoberta do Ser Real precisa de prática e compromisso, não porque esse Ser esteja distante de nós, mas por causa dos condicionamentos que obscurecem o Ser espiritual que já somos, causando confusão e sofrimento. Yoga nos ensina como eliminar tudo aquilo que não somos, para que aquilo que realmente somos seja revelado.
. Yoga é a experiência direta do Ser Real, Infinito, Ilimitado e Completo em si mesmo. Essa experiência vai além de filosofias, deixando nosso dia-a-dia com mais luz, paz e felicidade.

2. Yoga Marga - É o caminho do Yoga como um processo de transformação que abrange todos os aspectos da pessoa. Yoga é a uma escola de vida em que usamos a prática formal de Yoga e nossas experiências no mundo para adquirir o auto-conhecimento. Sob a perspectiva do Yoga, o enfoque primário da vida é o processo de transformação interior, e não um processo de enobrecimento do eu pessoal com suas conquistas e competições no mundo.
Essa jornada da alma na busca de sua própria natureza requer o uso de todo nosso potencial, porque traz para a superfície todas nossas crenças sobre nós mesmos e sobre a vida. Ao longo deste processo, a personalidade vai sendo totalmente transformada em um veículo do Espírito. Esse processo, que deveria ser gradual, exige os seguintes ingredientes:
. Uma tomada de consci6encia cada vez mais abrangente, onde nos mantemos como testemunhas, ao mesmo tempo não negando nossas emoções e nem tampouco expressando-as inconscientemente.
. Auto-aceitação, quando reconhecemos que todas as nossa ações passadas tiveram apenas um mesmo objetivo: aprendizado, amadurecimento e transformação Para nos guiar até o momento presente, o único momento onde existe a possibilidade de liberdade.

3. Yoga sadhana - A prática de Yoga (Yoga Sadhana) é um veículo que facilita nossa caminho de Yoga (Yoga Marga) para que realizemos a visão do Yoga (Yoga Darshana). Em todos os textos sagrados do Yoga, a visão, o caminho e a prática são apresentados como um conjunto. Cada linhagem e tradição de Yoga tem seus próprios veículos e ferramentas.
No caso da tradição do Hatha Yoga, as posturas são apenas uma parte de um conjunto maior que inclui todos os oito passos do Asthanga Yoga:
. Yamas e Niyamas: valores fundamentais que sustentam a prática.
. Asana: habilidade de nos mantermos nas posturas de Yoga e na vida diária de forma estável e confortável. Esse estado gradualmente se torna natural e sem esforço.
. Pranayama: habilidade de expandir e canalizar nossa energia através da práticas de respiração e mudras, libertando nossa energia vital. Pratyahara: internalização dos sentidos para nos enfocarmos na vida espiritual.
. Dharana: habilidade de nos mantermos plenamente focalizados na prática formal e na vida diária.
. Dhyana: habilidade de nos mantermos em um estado de meditação, no qual o corpo, a respiração, a mente e o espírito se alinham com o Ser Real.

4. Yoga Sadhya - O quarto pilar engloba o último anga de Patanjali, Samadhi, que consiste em uma experiência de liberdade em todos os níveis do Ser, onde vivenciamos nossa própria natureza infinita, repleta de energia, paz e amor.

Resumindo, como se escreve a palavra Yoga na sua prática? Se todas as letras estão presentes, você poderia expressá-la em uma só palavra:

OM



por Joseph Le Page




Associação Rural Natureza © Copyright 2007
Fazenda Furquilha - Bairro Furquilha
Monte Alegre do Sul - SP

By Frequência